Posts

É muito comum que equipes de vendas, confundam prospectar clientes com vendas em si. As estratégias de prospecção de clientes envolvem muitas etapas além de vendas. Iremos mostrar algumas delas.  

Quais são? 

  • Identificar o cliente ideal  
  • Definir quando e como contatá-lo 
  • Criar cadências de prospecção  
  • Fazer diagnóstico do cliente  

Prospectar clientes, então, é um processo que: 

  • Identifica o público ideal  
  • Define suas necessidades 
  • Cria elementos que chamam atenção do cliente ideal  
  • Desperta o interesse  
  • Apresenta a proposta de valor da empresa  

Conheça agora os modelos de Imbound e Outbound sales  

Sem dúvidas, procurar e atrair novos clientes é um dos grandes objetivos de uma empresa. Afinal, são eles que são responsáveis pela manutenção e crescimento do negócio. 

Dentro disso, é necessário criar um processo de prospecção que seja contínuo, ou seja, que tenha ações de busca por potenciais clientes. 

Mas o que são, Prospecção por Imbound e Outbound? 

Em Imbound Sales, o cliente vai até a empresa por meio de canais de comunicação disponíveis e solicita o contato do representante de vendas. Geralmente são canais criados em parceria com marketing e vendas que definem, o que é um lead qualificado para vendas e aí sim, criam estratégias de marketing para atrair seu perfil de consumidor.  

Já em Outbound Sales, a prospecção tem como característica “ir atrás” do cliente. Dessa maneira, o representante de venda faz uma lista de potenciais clientes que se encaixem dentro do perfil da empresa.  

Na prospecção Inbound sabemos que o lead tem interesse na sua proposta. Na prospecção Outbound sabemos que o lead tem “fit” para a sua oferta. 

O que considerar ao montar uma estratégia de prospecção? 

  • Conhecer bem o produto/serviço 
  • Conhecer seu cliente 
  • Organizar uma cadência de prospecção  
  • Usar a tecnologia como aliada  

E aí, o que achou dessas dicas? Vamos coloca-las em prática?  

Negociação: em busca do menor custo

Muitas vezes na hora de fechar com uma operadora, se pensa em preço de aluguel do equipamento, taxa de juros, mas se esquece que tem vários itens que podem ocorrer em uma operação que não está previsto.

Encontramos muitos casos que a operadora, cobra uma valor de antecipação que não foi nem acordado com cliente. Que muitas vezes o cliente adiciona no prejuizo e nem sabe de one vem.

Em busca do menor custo, quando você já está em operação, o conciliador faz essa comparação para você, e assim você poderá saber qual a operadora melhor para vender ou até mesmo para promover uma promoção especial para seu cliente.

O conciliador, além de agilizar o dia a dia dos varejistas nas conferências das vendas em cartões, também auxilia no confronto de taxas, recebimentos e também, fornece informações sobre as taxas cobradas pela operadora de cartões, possibilitando assim a negociação de uma taxa mais em conta com as mesmas.

Aluguel da POS e PINPAD e taxas de antecipação são exemplos de tarifas cobradas, que com a ajuda do software podem ser negociadas com as operadoras.

Fonte: Marketing 365, Infotvarejo
Foto: Divulgação, Licença, Marketing 365